Frascos: Dica para retirar os rótulos

Frascos: Dica para retirar os rótulos

Muito antes do nascimento da Maria Granel, os frasquinhos já circulavam na nossa família e nos grupos de amigos. Tinham os mais variados recheios – doces de frutas, compotas coloridas, conservas de todos os tipos e sabores, receitas deliciosas para juntar todos à mesa num almoço de domingo e outros tantos que levávamos ou trazíamos para casa.

Um verdadeiro ir e vir de amor, cuidado e dedicação.

Certa vez ouvimos – “o presente mais valioso que podemos dar à alguém é o nosso tempo!”. Podermos parar por alguns instantes na nossa rotina (muitas vezes agitada), para colocar a energia na preparação de um bolo para um familiar, ou na confeção de uma geleia com aqueles morangos vindos da terra para aquela amiga especial. Gestos como estes têm o poder de transformar o nosso dia e o de quem os recebe.

E se essas pequenas demonstrações de amor forem acondicionadas em frascos que temos em casa, o presente estende-se ao todo (meio ambiente)! Um verdadeiro ciclo do bem, que transporta muito mais do que deliciosos miminhos. São recheados de histórias nestas idas e vindas dos frasquinhos!

A nossa intenção com este artigo, além de recordarmos as histórias que estão “dentro” dos frascos que levaram ou trouxeram momentos felizes, é partilhar uma dica (infalível) para retirar aqueles rótulos que insistem em ficarem agarrados nos frascos. Afinal, é muito mais simpático oferecermos uma compota num frasco sem a etiqueta de polpa de tomate. Certo? 🙂

Missão (quase) impossível

Precisaremos de apenas três ingredientes:

  • Água a ferver;
  • Azeite;
  • Bicarbonato de sódio.
Imagem: Arquivo Maria Granel

Passo a passo

Verta a água (ainda) a ferver para dentro dos frascos até passar o nível dos rótulos.

Deixe atuar por cerca de cinco minuto. Tempo suficiente para reativar a cola da etiqueta. Após esse período, retire a água.

Imagem: Arquivo Maria Granel

Uso (consciente) da água – Ao invés de usarmos uma “água nova” nesta receita, podemos reaproveitar a água que usamos para lavar algum vegetal, por exemplo. E mesmo quando formos descartá-la, podemos deixá-la arrefecer para regar as plantas.

Imagem: Arquivo Maria Granel

Os nossos frascos já podem ser utilizados?

Calma! Falta nos apenas um pequeno processo para que eles possam ser recheados de amor.

É importante a esterilização, assim, certificamo-nosde que o que entrará nos frascos estará isento de qualquer contaminação.

Simples, rápido e eficiente

Imagem: Arquivo Maria Granel

Agora sim, os nossos frascos estão prontinhos para serem verdadeiros guardiões de delícias!

Nós por aqui usamos e abusamos dos diferentes modelos e tamanhos dos frascos; quanto mais diferentes, mais charmosa a nossa “nave”.

“Quando os reutilizamos, perpetuamos um legado, mas também criamos futuro, damos amanhã aos objetos. Escolhemos para eles a vida através da memória. Isso é RE-valorizar! RE-significar!”, partilha a nossa Eunice.

E por aí, há algum frasco que guarda lindas histórias?

Partilhe connosco!

Nota: Por medidas de segurança, o sistema BYOC (“Bring your own container”) – reutilização de frascos – está (temporariamente) suspenso nas nossas lojas. Esperamos (ansiosas) acolhê-los novamente em breve!

Obrigada pela vossa compreensão!

Fonte: “Desafio Zero”

Deixar comentário

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.