Massagem a seco – porquê escovar o corpo?

Massagem a seco – porquê escovar o corpo?

Escovamos os dentes, o cabelo, mas e a pele? Escovar faz parte da nossa rotina diária de cuidados do corpo, mas, muitas vezes, esquecemos o nosso maior órgão – a nossa pele.

A pele é um órgão de extrema importância, não só funciona como proteção contra a entrada de substâncias tóxicas, luz ultravioleta e micro-organismos no corpo, como, juntamente com o sistema urinário, é responsável pela excreção de produtos resultantes do próprio metabolismo, através do suor, embora em menor quantidade.

O ato de escovar o corpo ajuda no processo natural de renovação celular, aumentando a qualidade da pele,  melhorando também a circulação linfática, se for realizado de forma adequada.

O sistema linfático ajuda a manter o equilíbrio hídrico, absorve gorduras e também faz parte do sistema de defesa contra micro-organismos e outras substâncias nocivas. Daí que as drenagens linfáticas possam ajudar a eliminar toxinas e ser muitas vezes associadas a planos detox.

 

A nossa escolha

Para nós, não basta que sejam funcionais, as nossas escovas têm de ser ainda o mais ecológicas possível. Por isso, escolhermos escovas de cerdas naturais , com materiais de origem vegetal. É importante que as cerdas sejam firmes, e não demasiado duras, para não magoarem a pele.

 

Massagem a seco

A massagem deve ser realizada diariamente, de preferência antes do banho. Demora cerca de 5 a 10 min e deve ser sempre feita de forma suave, superficial e em movimentos circulares, uma vez que a ideia é que os sistemas tegumentar e linfático sejam estimulados.

Para melhores resultados, a massagem a seco deve ser realizada durante 3 a 4 semanas seguidas, recomendando-se um intervalo de 1 a 2 semanas sem a utilização da escova.

A massagem deve começar na sola dos pés em movimentos circulares e no sentido do peito. Depois do banho, a pele pode ser hidratada com óleos naturais dependendo do tipo de pele.

Behind the scenes

Durante o processo de conceção deste post, o nosso cão, o Gaspar  não resistiu e acabou por ficar registado também na fotografia! Olhem só! 😉

Até já!

(Filipa)

 

Deixar comentário

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.