“Plastic Free July” – Produtos de limpeza

“Plastic Free July” – Produtos de limpeza

Para dar sequência à nossa semana dedicada à higiene – pessoal e das nossas casas, partimos para uma das divisões mais desafiantes quando o assunto é diminuir o uso do plástico – a lavandaria, ou o armário onde armazenamos (1001) produtos de limpeza.

Ao lado da cozinha e da casa de banho, a lavandaria é a divisão de onde provém a maior parte dos plásticos utilizados nas nossas casas. Frascos de detergentes (líquido e em pó para roupas), desinfetantes, limpa-vidros, anticalcário, gel para pisos, lava tudo… Ufa! E outros tantos produtos que “entulham” a nossa despensa e o nosso caixote de lixo.

Recentemente publicamos um artigo onde partilhámos uma dica (infalível) da nossa Eunice para investigar de onde vem a maior parte das embalagens (de uso único) que “entopem” os nossos caixotes de lixo. A proposta é fazer um diagnóstico detalhado dos resíduos que geramos. Listar tudo o que vai para o lixo é um bom começo para (posteriormente) procurar alternativas que permitam a substituição destes produtos.

Dica: As crianças são muito bem-vindas neste processo, elas vestem a camisola e assumem o desafio de serem verdadeiros “guardiões” da separação.

Pós “RX”

Se, assim como eu, descobriram que os produtos de limpeza são responsáveis por mais da metade dos resíduos gerados em casa, calma, há uma luz no final do túnel, e acreditem – mais simples e economicamente vantajosa.

Numa das minhas últimas visitas ao supermercado dei conta de que, assim que entramos na secção de limpeza, somos surpreendidos com uma infinidade de produtos – um para cada “tipo” de sujidade. Uns prometem deixar as superfícies brilhantes, outros eliminam 99,9% dos germes e a cada passo que damos “descobrimos” que precisamos urgentemente de um novo produto. 

Imagem: Divulgação

A pergunta que surge, inspirada pela “provocação” que a nossa Eunice faz no seu livro “Desafio Zero” é – “Será que todos estes produtos são mesmo indispensáveis e diferentes uns dos outros? Quais serão os princípios ativos destes 1001 produtos?”

Lembro-me das minhas aulas de Psicologia do Consumo na faculdade, onde éramos conduzidos por um caminho (estreito e perigoso) e incentivados a aprender formas de criar demandas (que muitas vezes não existem). É assim que funciona (grosso modo) a dinâmica do marketing e dos esforços publicitários das grandes marcas, que, além de estimularem o consumo, estão longe de propor alternativas às embalagens, já que estas são as “vitrines” da propaganda.

Mas será (mesmo) que precisamos de tantos produtos?

A resposta é NÃO e os nossos avós já sabiam disso!

Há alternativas de produtos de limpeza caseiros (muito mais económicos) e eficazes que podem ser feitos com (poucos) ingredientes das nossas despensas.

A sugestão aqui é SIMPLIFICAR – Com apenas três produtos é possível mantermos as nossas casas limpas, diminuindo o lixo e gastando pouco.

Trio da limpeza

Imagem: “Desafio Zero” e divulgação

Vinagre:  Possui propriedades desinfetante, purificante, neutralizante de odores, desengordurante e bactericida. Graças à sua concentração elevada de ácido acético consegue eliminar uma percentagem alta de germes.  

Multiusos em apenas 3 minutos

  • Água;
  • Vinagre branco;
  • Óleo essencial;
  • 1 frasco de vidro (com spray).

Passo a passo – Juntar no frasco medidas iguais de água e vinagre (50:50) com 10 gostas do seu óleo essencial preferido (nós utilizamos o de limão ou árvore do chá) e está pronto! Basta pulverizar as superfícies. Para sujidade mais difícil, utilize apenas o vinagre, sem o diluí-lo em água.

Outros usos:

  • Abrilhantador para a máquina de lavar louça;
  • Retirar manchas de suor da roupa – demolhar a roupa com 60 ml de vinagre durante a noite e depois lavar normalmente;
  • Desenferrujar objetos – mergulhar num balde com vinagre e limpar com uma escova;
  • Remover o calcário na banheira – aquecer 250 ml de vinagre branco numa panela; pulverizar na superfície deixando por 15 minutos e limpar na sequência.

Dicas: “Desafio Zero”

NÃO USAR em superfícies de mármore, granito ou outras pedras, por ter efeito corrosivo.

Faça vocês mesmo – Que tal preparar o seu próprio vinagre? Partilhamos neste artigo uma receita simples e que aproveita as cascas das maças.

Bicarbonato de sódio: Como o seu próprio nome sugere, suas matérias-primas são cal e sal que possuem propriedades bactericida, abrasiva e neutralizadora da acidez.

Limpa (quase) tudo:

  • Borrifar com água a zona a limpar, polvilhar o bicarbonato e esfregar a superfície com um pano;
  • Diluir o pó em água para formar uma pasta e esfregar com um pano;
  • Desentupir: duas colheres de sopa no ralo, uma chávena de vinagre e ½ litro de água a ferver;
  • Detergente multiusos: aquecer dois litros de água; deixar arrefecer até aos 60 °C, despejar meio copo de bicarbonato e meio copo de vinagre branco e misturar;
  • Desengordurar e limpar o frigorífico: polvilhar com bicarbonato uma metade de um limão, passar nas superfícies e limpar com um pano húmido;
  • Substituir a lixívia no tratamento de roupa branca: deixar a roupa de molho com bicarbonato, lavar a 30 °C com detergente e colocar uma meia com meio limão no tambor da máquina;
  • Pastilhas para a máquina de lavar louça: uma taça de bicarbonato de sódio; uma taça de ácido cítrico; uma taça de sal; água; misturar com uma colher de pau; colocar em formas (de gelo, por exemplo); deixar secar tudo durante a noite. Para potenciar o efeito, adicionar vinagre no compartimento do abrilhantador.
  • Pastilhas desinfetantes para a sanita: 340 g de bicarbonato de sódio; 85 g de ácido cítrico; uma colher de sopa de sabão líquido; misturar tudo, colocar em cuvetes de gelo, deixar secar umas quatro horas.
  • Desentupir: uma parte de sal, uma parte de bicarbonato; misturar ambos e aplicar; colocar um copo de vinagre quente e, em seguida, água a ferver.

Dicas: “Desafio Zero”

  • Sabão de Marselha: Outro “super-herói” na hora da limpeza – Chão, louça, roupa, superfícies e muito mais.  

Tudo em um!

  • Lavar a louça – esfregar no sabão a escova ou o pano e aplicar;
  • Limpar todos os tipos de superfícies – pode ser aplicado isolado ou misturado com água;
  • Limpar o chuveiro e a banheira, as bancadas, os lavatórios e o chão – após a limpeza, enxugar com algumas gotas de vinagre branco (diluído ou não em água), para que brilhem novamente;
  • Sabonete líquido – misturar numa panela 150 g de sabão ralado com 4 litros de água quente, deixar repousar durante a noite; passar pela batedeira e colocar num dispensador;
  • Inseticida natural muito eficiente: espalhe o sabão e misture duas colheres com água quente num borrifador. Para eliminar as pragas, pulverize esta mistura nas plantas afetadas.

Dicas: “Desafio Zero”

“Dar a cara”

O mês de julho é um dos mais aguardados na nossa equipa, porque é durante este período que participamos (anualmente) na campanha “Plastic Free July”, promovida pela Plastic Free Foundation, que mobiliza milhões de pessoas em todo o mundo para assumirem o compromisso de reduzirem o desperdício e o consumo de descartáveis.

Embora estejamos quase no final da campanha, o sentimento que pulsa em nós é QUE É POSSÍVEL acontecer uma transformação!

Durante o mês de julho partilhamos, diariamente, histórias de pessoas reais que aceitam “dar a cara” por este propósito e nos contam, em vídeo, por onde começaram as suas transformações. Verdadeira inspiração diária!

Convidada para contar a sua experiência neste caminhar mais responsável e consciente, Ângela Plácido, mãe de três e fundadora da página Atreve.te.a.ser.feliz leva-nos para dentro da sua casa para nos ensinar a fazer produtos utilizando o (já famoso) trio da limpeza – vinagre, bicarbonato de sódio e sabão.  

Para os que não querem ou não podem colocar as mãos na massa ou para os que não têm tempo para produzir os próprios produtos, a boa notícia é que há cada vez mais marcas ecológicas, certificadas, a granel ou com embalagens conscientes. É o caso destas duas empresas parceiras da Maria Granel – A Ecox. , empresa nacional pioneira a utilizar um resíduo, no caso, o óleo alimentar, para a produção de produtos de limpeza ambientalmente responsáveis, e a Sonett, marca alemã que há mais de 40 anos fornece produtos de limpeza sem matérias-primas petroquímicas, sem usar enzimas e escolhendo apenas óleos essenciais derivados de plantas orgânicas.

Estas histórias foram contadas também durante o “Plastic Free July” :

Co-fundador César Henriques.
Vídeo arquivo Sonett

Seja produzindo em casa os nossos próprios produtos ou comprando de quem os fabrica responsavelmente, é possível darmos o nosso contributo e reduzir o nosso impacto, com efeitos imediatos no ambiente, na cadeia produtiva e na nossa própria saúde.

TODOS GANHAM!

Fontes: Desafio Zero; Queen of Green; Atreve.te.a.ser.feliz; Ecox.

Deixar comentário

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.