Depilação e Barba

Aparelho depilatório e de barbear (lâmina incluída) em Bambu - Bambaw

22,00 €
Descrição:
Aparelho depilatório e de barbear com cabo em bambu, lâmina incluída. 

Sobre:
- 1 Aparelho depilatório/barbear, de 3 peças.
- 1 Lâmina de barbear Astra, em aço inoxidável.
- 1 Manual de utilização digital detalhado, disponível em pdf por QRcode.
- Leve e de fácil manuseamento.
- Cabo de navalha é feito de uma haste única de bambu, mais escura que o comum, porque o bambu crescendo mais devagar, torna-se mais forte do que o bambu comum.
- O cabo garante uma manuseamento seguro, sem escorregar, mesmo se estiver molhado.
- Em latão: a liga de cobre e zinco é à prova de corrosão, sólido e resistente, perfeito para criar aparelhos de barbear de longa duração.


Para um barbear perfeito não são necessárias várias lâminas. Usar várias lâminas irrita a pele e favorece os pêlos encravados. Tudo que é preciso é de uma lâmina afiada para conseguir um barbear perfeito.

Usos ou Propriedades:
Para um barbear ou depilação clássico sem plástico. Ideal para iniciantes. Permite um corte à face, mais liso e sem pelos encravados.

Conselhos:
- Lavar bem o aparelho em água corrente, para retirar os restos de sabonete, sempre após uso;
- Secar a lâmina após a sua utilização com um pano ou toalha batendo levemente, para prolongar o tempo de vida (três a seis meses, dependendo da frequência).
- Recomenda-se remover a lâmina se não for usada por muito tempo.
- Guardar em local seco.

Prazos de Consumo:
Trocar de lâmina quando a lâmina, em vez de cortar o pelo, só repuxar.

Observações:
Tamanho: 11,5 cm, largura do suporte para lâmina 4,3 cm. Peso 86 g

Material Produto:
Bambu, latão (liga cobre e zinco), aço inoxidável

Material Embalagem:
Papel, descartar ecoponto azul.

Origem:
Fabricado responsavelmente na China

Prémios e Certificações:
CO2 logic. Compensam o impacto desde a produção até ao transporte apoiando um projeto ambiental no Malaui - Fogões de cozinha eficientes no Malawi.

Sugestões e Receitas:
Fazer a depilação ou a barba com uma lâmina clássica requer um pouco de prática. A pele precisa de algum tempo para se acostumar a essa nova rotina. Não desanime com pequenos cortes que possam acontecer nesta transição; assim que esteja familiarizado com o processo, deixam de existir.

Consultar o manual detalhado disponível em pdf por QRcode







Para introduzir a lâmina, basta rodar o cabo, para abrir o aparelho e colocar a lâmina.

Para barbear
1. Deixe o pincel de molho por 2 ou 3 minutos, de preferência em água quente. As escovas devem reter água, então escovas de pelo de cavalo são melhores do que as de texugo ou sintéticas.
2. Molhe o rosto com água quente para ajudar a abrir os poros e suavizar o cabelo. Uma opção é lavar o rosto com água e sabão. Embora o ideal seja fazer a barba após um banho quente.
3. Coloque o pincel húmido (não deve haver excesso de água) com sabão de barbear. Se notar que o pincel fica muito seco, pode adicionar algumas gotas de água. 
4. 
O passo mais importante para um bom barbear é a aplicação do creme. Varra o pincel em movimentos circulares para aproveitar o seu poder esfoliante e para preparar a barba para o barbear.
5. Use uma lâmina adequada ao seu tipo de barba.
6. Use movimentos suaves.
7. Na primeira passagem é aconselhável ir apenas na direção do crescimento do cabelo sem aplicar pressão, deixando o peso da navalha fazer o trabalho. Nas passagens a seguir,  pode aplicá-las tomando cuidado para não irritar a pele, principalmente se é principiante no barbear clássico.
8. Aplique água quente e espuma entre cada passagem.
9. Para finalizar, enxágue o rosto com água fria. Isso ajudará a fechar os poros.
10. Seque suavemente a pele sem esfregar e aplique um hidratante facial. Evite os que contêm álcool, pois ressecam a pele.
11. Enxágue a navalha para remover os resíduos de sabão e seque-a. Da mesma forma, lave a escova, retire o excesso de água e pendure de cabeça para baixo.

Rostos e Histórias:
A Bambaw foi fundada pelos irmãos gémeos Max e Augustin, que, em 2015, ficaram chocados com a extensão da poluição provocada pelo plástico. Face ao problema, tentaram perceber como poderiam viver gerando o mínimo de resíduos possível, enquanto inspiravam outros a fazer o mesmo. A sua vida acabou por inspirar o seu negócio e o seu projeto e a vontade de oferecer às pessoas alternativas aos produtos descartáveis.
 
Materiais e produção 
 
Antes de cada produto ser desenhado, a equipa Bambaw faz uma análise rigorosa das diferentes opções de materiais para encontrar a combinação ideal entre durabilidade, praticidade, desempenho e sustentabilidade. Elegeram dois materiais principais: 
 
- o bambu, pela força, flexibilidade e por ser altamente renovável. Absorve cinco vezes mais dióxido de carbono e produz 35% mais oxigénio do que as árvores. Para crescer, o bambu requer pouca água e não necessita nem de pesticidas nem fertilizantes. Quando é colhido, regenera-se a partir do seu sistema de raízes, sistema esse que evita a erosão e nutre o solo com potássio e outros nutrientes. Possui também propriedades antibacterianas naturais, o que o torna uma excelente opção para talheres ou canudos. A Bambaw usa também em alguns produtos fibra de bambu, que é extremamente macia, leve e uma alternativa ao algodão.


- o aço inoxidável, um material altamente reciclável, que pode ser derretido para ser reutilizado e reaproveitado sem qualquer perda de qualidade, e com grande longevidade.
 
Investigação científica e ativismo
 
Tendo nascido da consciência do impacto dos descartáveis nos ecossistemas, a Bambaw financia campanhas de investigação para garantir que, enquanto empresa, percebe com fundamentação científica as consequências dos resíduos no nosso meio ambiente.

Para isso, associaram-se à 5gyres e à Plastic Soup Foundation.

5gyres faz investigação científica, educa e faz lobby por uma redução radical da poluição por plásticos. Várias legislações, como o "American Microbead-Free Waters Act", assinado pelo ex-presidente Barack Obama, foram impulsionadas pela 5gyres, entre outras organizações.

A Plastic Soup Foundation  é uma fundação holandesa que faz campanha por limpezas e menos produção de resíduos nos oceanos. O nome da organização deve-se ao exemplo de Charles Moore, que descobriu uma vasta extensão de plástico acumulado no Pacífico, uma autêntica "sopa de plástico", nas suas palavras.
 
 
Carbono Zero

A Bambaw está empenhada em reduzir o uso de plástico descartável, mas tem noção de que a produção na Ásia e o transporte associado contribuem para emissões elevadas. 
 
No sentido de mitigar e compensar essas emissões, a sua cadeia de produção e de transporte é carbono zero, certificada pelo selo Carbon Trust.

Para tal, calcularam o impacto ambiental total de toda a cadeia.  Com a Carbon Trust, mapearam a jornada de cada produto, desde a produção até à chegada ao cliente. 


Fogões de cozinha eficientes no Malawi

O Malawi é um país do sudeste da África onde a maioria da população usa biomassa para cozinhar.  A paisagem do país é dominada por vastas extensões de floresta tropical. No entanto, este valioso habitat natural está em perigo, devido ao desmatamento.

Para contrariar esta realidade, a Bambaw desenvolveu um projeto para equipar as famílias com fogões de cerâmica de alta eficiência. Cada fogão usa 75% menos lenha do que o tradicional, poupando emissões.

 
Este projeto ambiental no Malawi é uma das formas que permitem à Bambaw neutralizar as emissões geradas, reduzindo o seu impacto ambiental e contribuindo para gerar impacto social e económico num país em desenvolvimento.
 

Ainda não existem comentários para este produto.

Autentique-se para escrever um comentário. Iniciar sessão