Hortelã

Hortelã comum

0.50€ / 20g
1 unidade = 20 Gramas - 25€ / Kg
Ingredientes:
folhas de hortelã

Conselhos:
Guardar em local fresco, seco e resguardado da luz

Material Embalagem:
S/ Embalagem

Origem:
Castro Daire, Portugal

Sobre:
As folhas da hortelã são suavas e suculentas, com aroma a mentol e podem ser consumidas frescas ou secas.

Sugestões e Receitas:
A hortelã é utilizada para aromatizar bebidas (chás e sumos), temperar carnes (especialmente carneiro), sopas, saladas e ervilhas e é também usada no fabrico de rebuçados, pasta de dentes, etc.
Receitas: pasta de ervilhas com cânhamo e hortelã.

Rostos e Histórias:
A Ervital nasceu em 1997, no coração da Serra do Montemuro, e tem por objetivo principal produzir e comercializar produtos de qualidade excecional, maioritariamente usados na preparação de infusões e como condimentos.

As infusões e condimentos biológicos produzidos na Ervital são obtidos em condições ecológicas e ambientais únicas, proporcionadas por um ecossistema de Montanha - Serra do Montemuro - Rede Natura 2000 - de elevada biodiversidade e utilizando as técnicas e processos preconizados pela agricultura biológica. Os campos de produção situam-se a cerca de 1000 metros de altitude, envolvidos por vegetação autóctone e sem áreas de cultivo a menos de 1 km de distância.

Tendo sido pioneira em Portugal na produção de PAM (plantas aromáticas e medicinais) em MPB (modo de produção biológico), a empresa tem evoluído de forma gradual e sustentada, contribuindo para o desenvolvimento da Região e melhoria de vida das suas gentes, designadamente através do aproveitamento e valorização dos seus recursos naturais. 

Para valorizar a qualidade dos seus produtos e serviços, por apreço para com os seus clientes, por respeito pela Natureza e pelas gerações vindouras, as técnicas e práticas culturais são, naturalmente, as preconizadas na Agricultura Biológica.

Por ter sido pioneira no cultivo de PAM, a empresa sentiu a necessidade de desenvolver a área de reprodução das plantas e daí ter criado o seu viveiro. Desde há alguns anos, além de reproduzir as plantas que instala nos seus campos, passou também a fornecer plantas para terceiros, quer para a criação de pequenos jardins familiares, quer para projectos de produção comercial das PAM.

A atividade de recolecção de plantas na Natureza, não sendo uma prática generalizável a muitas espécies, pode representar um acréscimo de rendimento para as populações das regiões de montanha, como é o caso, sem colocar em risco a sobrevivência e manutenção das espécies autóctones.

A Ervital, ao longo dos anos, desenvolveu junto da população da Região do Montemuro ações de promoção da prática responsável da recoleção de algumas espécies como a carqueja, a urze ou a giesta. Nestes casos, além de não colocar em risco de extinção a espécie, representa uma prática que contribui para a minimização do flagelo dos incêndios. Com efeito, através da colheita de partes aéreas destas espécies, promove-se a redução da massa combustível disponível.
 

Ainda não existem comentários para este produto.

Autentique-se para escrever um comentário. Iniciar sessão