Grão

Grão-de-bico nacional

0.49€ / 100g

Inicie sessão para adicionar produtos aos seus favoritos.

Usos ou Propriedades:
Apresenta alto teor de fibra, proteína, fósforo, magnésio e tiamina. Contém baixo teor de sal.

Ingredientes:
Grão-de-bico

Conselhos:
Guardar em local fresco, seco e resguardado da luz

Material Embalagem:
S/ Embalagem

Origem:
Castelo Branco, Portugal

Sobre:
As Nações Unidas já assinalaram em 2016 o Ano Internacional das Leguminosas, grupo alimentar onde se incluem, por exemplo, o grão. A Roda dos Alimentos Portuguesa recomenda o consumo diário de 1 a 2 porções de alimentos deste grupo. As leguminosas podem ser incluídas em sopas (substituindo total ou parcialmente a batata), a acompanhar refeições principais ou até em sobremesas e aperitivos, como as pastas à base de grão, características do mediterrâneo, onde o húmus é uma referência.
O grão ou grão-de-bico é um excecional alimento que merece uma atenção redobrada, dado o seu singular valor nutricional.

Sugestões e Receitas:

Rostos e Histórias:
O Monte Silveira é uma exploração agrícola em Castelo Branco com 680ha, em regime biológico desde 1999.
"Dos cerca de 700 hectares da área de exploração pertencente à Monte Silveira Bio localizada em terras da Beira Baixa, cerca de cinco centenas estão ocupadas por floresta constituída por montado de azinho e sobro. “O remanescente está reservado a culturas de regadio, onde são produzidos os cereais, as leguminosas e as ferragens”, explica João Valente, representante desta empresa familiar sediada em Malpica do Tejo, freguesia de Castelo Branco. “Entre 1999 e 2000 já estávamos certificados para os produtos biológicos que estamos a produzir.”
Três variedades de feijão, grão de bico e xíxaro constam na lista das principais leguminosas da Monte Silveira Bio, enquanto o trigo mole, a aveia e o centeio ocupam lugar de destaque na vertente dos cereais. A maioria dos produtos é para consumo humano – no caso das leguminosas é cem por cento –, daí que haja uma preocupação acrescida por parte da Monte Silveira Bio.
“É preciso ver a exploração como se fosse um ser vivo, onde todas as culturas se complementam”, sublinha João Valente. “Por exemplo, no Outono, Inverno são plantadas as leguminosas que têm como finalidade preparar a terra para uma cultura de Primavera, Verão”, ou seja, nas estações do ano mais frias, a opção recai em culturas que “ajudam a fixar o azoto no solo e funcionam como um herbicida natural em substituição dos produtos químicos”, continua. "
In Projecto Matéria, aqui.
 Por 100gVRN
Energia
1455kJ / 347kcal
Lípidos
4,6g
dos quais saturados
0,6g
Hidratos de Carbono
44,5g
dos quais açúcares
10,7g
Fibras
17,4g
Proteína
21,7g
Sal
0,08g
Fósforo
366mg
52,3%
Magnésio
115mg
30,7%
Tiamina
0,47mg
42,7%

Ainda não existem comentários para este produto.

Autentique-se para escrever um comentário. Iniciar sessão