Trio de sabor – garam masala, Ras El Hanout e Tandoori

Trio de sabor – garam masala, Ras El Hanout e Tandoori

Adoramos ouvir as histórias dos nossos queridos fregueses – seja de vida, de intenções de adaptar a rotina com gestos mais conscientes ou as suas experiências com os nossos produtos. Recentemente, uma senhora entrou na loja de Campo de Ourique e contou-me que trabalhava na casa de uma família que é fã da Maria Granel e por isso a loja estava no “roteiro” de compras que ela deveria realizar. Como a senhora não sabia exatamente onde estávamos na rua Coelho da Rocha, decidiu percorrer o quarteirão inteiro, e enquanto caminhava sentiu um agradável aroma de especiarias. “Pronto, encontrei a loja! Sorriu a senhora!” Claro que sorri junto com ela ao saber dessa experiência. É sempre uma alegria receber os nossos fregueses e ouvir, quando abrem a porta, “Ai que cheirinho tão bom!”

As responsáveis pelo agradável aroma são as nossas especiarias e ervas aromáticas, que, juntas, somam mais de 50 tipos, cultivadas biologicamente, devidamente certificadas e (o melhor) a granel.

O sucesso da “ala perfumada” das nossas lojas é tanto, que dedicamos um artigo a estas preciosidades aromáticas. Pimentas, caril, curmuma, cardamomo, paprika, cominhos, canela, manjericão, alecrim e outras tantas cores, texturas e aromas que enriquecem qualquer prato.

Estação com especiarias – loja Campo de Ourique

Perante tantas opções vindas de várias partes do mundo, selecionamos as que despertam mais curiosidade, as misturas: Garam Masala, Ras El Hanout e Tandoori, um verdadeiro trio de sabor.

De onde vem o nosso trio sabor?

As nossas misturas Garam Masala, Ras El Hanout e Tandoori são produzidas em França a partir de matérias-primas provenientes de comércio justo (devidamente certificado) de países como Madagascar, Índia, Irão, Turquia e outros).                                      

Os nossos parceiros são uma empresa familiar que oferece ao mundo, há mais de 30 anos, especiarias, ervas, chás e cogumelos cultivados biologicamente respeitando os princípios do comércio justo, modelo que busca estabelecer preços justos, equilibrando os componentes sociais e ambientais das cadeias produtivas.

Imagem: Arquivo do fornecedor

Misturas versáteis, aromáticas e que garantem elevar o sabor dos nossos pratos. E já que conquistaram a nossa Patrícia, apresentaremos o nosso “trio sabor” para, quem sabe, conquistar também os vossos corações.

Garam Masala

Uma (preciosa) mistura de especiarias tradicional na culinária indiana, que há gerações está presente em pratos pelo mundo fora. Os seus ingredientes podem variar de acordo com a região em que é produzida, a nossa é composta por: canela, cardamomo, coentros, cominho, pimenta preta, cravinho e noz moscada.

Se são, assim como nós, “fãs” de condimentos fortes (mas não tão picantes), a mistura Garam Masala é uma ótima opção para acrescentar sabor aos pratos.

A garam massala harmoniza com arroz, frango, peixe, camarão, frutos do mar, carne de porco, lentilhas, legumes, ensopados, abóbora, grão de bico, espetadas de carne, almôndegas e onde mais a nossa criatividade nos levar.

Caril de grão com garam massala

Precisamos de:

  • 500 gramas de grão de bico;
  • Iogurte natural (magro);
  • 1 lata de leite de coco;
  • Salsa ou coentros;
  • Caril em pó;
  • 2 colheres de chá de garam massala;
  • 1 cebola picada;
  • 1 fio de azeite;
  • 1 copo de água;
  • 1 folha de louro.

Preparação:

Fazemos um refogado com a cebola, a folha de louro e o azeite, colocamos depois o grão de bico para saltear um pouco. Adicionamos o leite de coco, a água, o caril, a mistura de garam masala e o iogurte.                                                        Deixamos apurar (em lume brando) por cerca de 20 minutos. No final, deitamos a salsa (ou os coentros) na panela e deixamos por mais uns 5 minutos. E está pronto o nosso caril! Podemos servi-lo com um arroz branco.

Imagem: Divulgação

Ras El Hanout

Considerada por alguns chefes de cozinha como uma mistura quase mística, a Ras El Hanout é originária do norte da África e reúne várias outras especiarias, que podem variar de acordo com a região. A que encontram nas nossas lojas possui açafrão, canela, erva-doce, cravinho, noz-moscada, pimenta preta, gengibre, folhas de louro e pimenta. Foi uma sugestão de duas queridas freguesas apreciadoras: a Carolina Flores e a chef Katia Hannequim.

Por ser picante, a mistura é muito utilizada para temperar carnes, arroz e sobretudo couscous. É uma ótima “companhia” também para os peixes e frangos, trazendo um sabor especial para as sopas, guisados e marinadas.

Couscous marroquino com legumes e Ras El Hanout

Precisamos de:

  •  ½ chávena de couscous;
  •  ½ chávena de água fervente ;
  •  ½ alho francês;
  •  ¼ beringela;
  •  4 tomates cerejas ;
  •  1 cenoura pequena (ralada);
  •  2 colheres de sopa de azeite de oliva ;
  •  2 colheres de chá de ras el hanout ;
  •  Sal

Preparação:

A primeira etapa é hidratar o couscous com água fervente ou um caldo à escolha. Adicionamos um pouco de azeite e a mistura ras el hanout. Importante – este processo é rápido, por isso, assim que o couscous absorver o caldo, é necessário mexê-lo com um garfo.

Numa frigideira salteamos os legumes e quando estiverem ao ponto, colocamos o couscous e mexemos um pouco. Desligamos o lume e está pronto!

Imagem: Divulgação

Tandoori

Permanecemos na Índia para apresentar outra mistura tradicional do país das cores e dos aromas – a Tandoori. Versátil e com um sabor rico e levemente picante, a mistura possui várias versões, dependendo da região onde é produzida. A que comercializamos nas nossas lojas é composta por paprika doce, coentros, tomate, cominho, alho, canela, limão, feno-grego, gengibre, cravo, maçã, paprika forte e açafrão. É uma ótima aliada para elevar o sabor das nossas marinadas para aves, carnes ou peixes. A sugestão do nosso fornecedor para uma marinada especial é que misturemos a tandoori com iogurte natural e deixemos o peixe ou a carne por cerca de 6 a 12 horas no frigorífico. A mistura recebe o mesmo nome do forno de bairro indiano, onde normalmente os alimentos são preparados. O condimento Tandoori harmoniza (deliciosamente) com arroz, churrasco, estufado de carnes, frutos do mar, tofu e legumes. 

Lentilhas indianas

Precisamos de:

  • 200 gr de lentilhas (castanhas, verdes ou sem casca);
  • 1 lata de leite de coco;
  • 1 cebola roxa grande, picada;
  • 4 colheres de mistura de especiarias Tandoori;
  • 1 colher de óleo de coco;
  • Sal.

Preparação

Depois de demolharmos a lentilha (ideal deixar pelo menos 6 horas), fazemos um refogado com a cebola e o óleo de coco. Assim que ela estiver dourada (cuidado para não queimar), adicionamos a mistura tandoori e deixamos cozinhar por cerca de um minuto, mexendo sempre.

Adicionamos as lentilhas, o leite de coco e dois copos de água. Assim que levantar fervura, baixamos o lume e deixamos cozer por cerca de 30 minutos. E está pronta a nossa deliciosa lentilha indiana. Podemos servi-la com arroz thai ou basmati.

Imagem: Divulgação


E por aí, alguma receita com este trio de sabor? Partilhem connosco!

Deixar comentário

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.